O menino do saber viver

Era um menino contente. Gostava de brincar com os amigos e pular corda em casa. Fazia tudo com alegria e de nada reclamava. Sabia bem viver aquele menino de perninhas curtas. Ajudava a mamãe a lavar o banheiro e colocar o lixo pra fora. Gostava de contar histórias para o vovô e assistia televisão à […]

Um menino falante

Era uma vez um menino bastante falante. Quando abria a boca não parava mais de falar. Falava de tudo. Era um Deus nos acuda aquele menino falante. O povo não suportava aquela falação dele e ia saindo aos poucos, sem que percebesse. De repente, estava sozinho na sala ou no corredor, falando sozinho. O menino […]

O menino que apontava para as coisas

Era uma vez um menino que gostava de apontar para as coisas. Tudo o que via, ao longe, ele apontava com o dedinho. Mas mesmo de perto ele costumava apontar, também. Apontava para a menina do laço de fita, para o menino do carrinho, para a montanha, para os cisnes no lago e até mesmo […]

O menino do rio

O menino gostava de tomar banho de rio. Certo dia, depois de um belo mergulho ele sentou-se numa pedra e ficou a pensar: se eu me jogar de novo nesse rio ele já não será o mesmo, pois as suas águas são novas e eu também não serei mais o mesmo, pois já terei mudado. […]

O menino incompreendido

Era uma vez um menino que não era compreendido por ninguém. Nem mesmo os seus pais compreendiam o seu choro, as suas ideias, os seus gestos. O menino apenas desejava ser compreendido naquele mundo onde todos nunca faziam perguntas e aceitavam tudo como verdade. A incompreensão das pessoas deixava o menino tristonho, logo ele ia […]

O mundo interior do menino

O menino era bastante inteligente. Dizia a todos que temos dois mundos: um que fica dentro da gente e um outro que fica do lado de fora. Com o mundo que fica dentro da gente podemos fazer o que quiser com ele, pois é nosso e de mais ninguém. Mas, às vezes, algumas pessoas querem […]

O menino que queria um mundo melhor

Era uma vez um menino que sonhava com um mundo melhor. Um mundo onde as pessoas pudessem andar de mãos dadas sem se preocuparem com as opiniões alheias, que tivessem dois corações, que as árvores pudessem tomar banho de rio e que as crianças fossem sempre respeitadas. O menino falava do seu mundo para todas […]

O menino das conquistas

Era uma vez um menino que colecionava conquistas. Conquistava o primeiro lugar na corrida, o melhor da turma e a medalha de ouro no futebol. Ele não se achava tão bom, era humilde e simples, como a maioria dos garotos. As pessoas grandes diziam que ele era muito importante e davam-lhe os melhores lugares e […]

O menino que se tornou grande

Era uma vez um menino pequeno e magrelo. Ninguém dava nada por ele, era incapaz de carregar um balde com água. Quando jogava bola caí bastante, não podia vir o vento ao seu encontro que o colocava abaixo. Era um menino quase sem nada dentro de si de tão magrelo. Um dia, leu um livro e […]

O menino que sentia frio

Era uma vez um menino de rua. Não tinha quase nada. Apenas um trouxinha de roupa que levava para cima e para baixo. Menino magrelo e de nariz pequeno. Quando chegava o inverno sofria um bocado com o frio, pois não tinha cobertor, nem meias, não tinha nada. Dormia diante das estrelas no meio das […]